Palácio Topkapi

O Palácio Topkapi é o melhor reflexo da época imperial em Istambul e simboliza o poder que Constantinopla alcançou como sede do Império Romano.

Desse palácio, os sultões governaram seu império até meados do século XIX.

A construção do Palácio Topkapi começou pouco tempo depois que Maomé II tomou Constantinopla. O palácio inicial foi inaugurado em 1465. Durante as décadas seguintes foi ampliado por diferentes governantes.

EM 1856, o Sultão Abdulmecid decidiu transferir sua residência para o Palácio Dolmabahçe, um palácio de estilo ocidental.

Distribuição do Palácio Topkapi

Em seus 700.000 metros quadrados, o Palácio Topkapi conta com quatro pátios e diversos ambientes em seu interior: sala de armas, cozinha, estábulos reais, tesouro e muito mais.

No mesmo recinto (no interior de suas muralhas) está o Museu Arqueológico e outros edifícios interessantes.

O Tesouro

Das múltiplas áreas que formam o palácio, uma das mais importantes é o Tesouro. O Tesouro conta com alguns dos objetos mais valiosos do mundo, como o diamante de 88 quilates que pertenceu a Leticia Ramolino (mãe de Napoleão) ou o punhal topkapi (a arma mais cara do mundo, construída com ouro com esmeraldas incrustadas).

O Harém

O Harém é onde residia o Sultão, sua família e um conjunto de 500 a 800 mulheres de alto nível cultural treinadas em certas habilidades. A Rainha Mãe era a máxima responsável do Harém.

Para entrar no Harém, é necessário comprar um ingresso separado.

Nossa opinião

O Palácio Topkapi é uma das visitas obrigatórias de Istambul. Recomendamos ir cedo e visitar primeiro o Tesouro e o Harém, já que são os lugares que costumam ter mais fila ao passar do dia.

Horário

De quarta a segunda, das 9:00 às 17:00 horas (de abril a outubro até as 19:00).
Terça: fechado.

Preço

Palácio: 40 liras.
Harém: 25 liras.

Transporte

Bonde: Sultanahmet (linha T1).

Lugares próximos

Parque Gülhane (259 m)
Museu Arqueológico de Istambul (280 m)
Santa Sofia (602 m)
Cisterna Basílica (737 m)
Mesquita Azul (1 km)